últimas notícias

Salas Temáticas >

10/08/2010 13:50:37

Jovem blogueiro ensina como viver de forma minimalista

EcoD

Um computador, um óculos de sol, uma bicicleta, dois sapatos, duas calças jeans e meia dúzia de camisas. Esses são alguns dos poucos itens que o fotógrafo, blogueiro e escritor norte-americano Everett Bogue possui. E não pensem que o jovem de 25 anos possui algum problema financeiro. Há cerca de um ano, Bogue decidiu abandonar o emprego e o bom salário na New York Magazine para viver de forma minimalista.

Hoje, ele possui apenas 57 pertences que considera importantes para viver com qualidade, incluindo os pares de meias, o cadeado da bicicleta e um kit de costura para pequenas emergências. A grande diferença é que agora Boguer se considera muito mais feliz, já que acredita que viver com menos é viver mais e melhor.

Seu cargo de editor de fotografia em Nova York ficou para trás em julho de 2009, assim como muitas coisas acumuladas ao longo dos anos e a ideia de que consumir é o grande objetivo das nossas vidas.

Com uma passagem só de ida para Portland, US$ 3 mil na conta bancária e alguns objetos na mala, ele decidiu que viveria de forma autônoma e desapegada. “Todos me disseram que eu morreria de fome, mas não morri. Em vez disso, adotei um estilo de vida minimalista. Eu preparo minha própria comida, passei a trabalhar exclusivamente pela internet, aprendi a administrar meu tempo e a esvaziar minha caixa de e-mails”, conta.

Desprendimento

Segundo Bogue, apesar de parecer loucura, a decisão é na verdade uma forma de deixar as coisas desnecessárias para trás e embarcar em experiências que realmente valham à pena. “Meu argumento é que se todos parássemos de comprar coisas supérfluas para focar no que realmente importa, seríamos mais felizes”, contou.

O novo estilo de vida já trouxe algumas lições para o jovem fotógrafo, que defende que viver sem carro é a forma mais econômica de se locomover, afirma que pode trabalhar e viver em qualquer lugar do mundo e que apenas 10 horas por semana de dedicação ao ofício é o suficiente.

Mas quem pensa que a vida boa é sinônimo de decadência profissional se engana. Neste mesmo período Bogue já publicou dois Best Sellers, possui mais de 50 mil visitas mensais em seu blog e ainda diz ter perdido alguns quilinhos.

O primeiro dos livros eletrônicos lançado pelo autor foi batizado de A arte de ser minimalista, e traz argumentos encorajadores para aderir à prática. O principal deles é bastante simples: “comprar coisas não vai te fazer feliz”, defende o escritor.

“As pessoas sofreram uma lavagem cerebral para pensar que outro gadget ou um desconto irá tornar suas vidas melhores. Não vai. Nos 50 anos em que a televisão dominou a sociedade, nós ficamos confusos e magoados. Nós não temos que viver assim, há outra opção”.

A segunda publicação foi voltada para o mundo dos negócios e mostra como aplicar o minimalismo no ambiente de trabalho. Na opinião de Bogue, as empresas não precisam ter tantos custos quanto as pessoas pensam. Além disso, fazendo algumas escolhas estratégicas é possível maximizar os lucros e gerar renda passiva enquanto se reduz a carga horária.

“As pessoas estão acordando e percebendo que para criar um trabalho gratificante, elas precisam primeiro projetar a vida que querem para si próprias. Nós temos que mudar a nossa maneira de fazer negócios e de lidar com trabalhos importantes, já que precisamos projetar uma vida que vale a pena viver”, defende.

A última iniciativa do blogueiro foi lançar um terceiro livro digital, dessa vez gratuito para download. Trabalho minimalista: 50 estratégias para trabalhar menos traz um apanhado de ideias e sugestões para dedicar menos tempo ao trabalho, mas de forma mais produtiva.

“Quando você faz pequenas modificações comportamentais, como desligar o e-mail e se concentrar no que é importante para o seu negócio, é impressionante o que você pode realizar”, diz.

Todos os livros estão disponíveis (em inglês) no blog do autor e custam entre $17,00 e $47,00.

Confira os dez mandamentos de Bogue para ter uma vida minimalista:

1. Organize seu espaço

2. Elimine uma obrigação

3. Ande devagar

4. Remova cinco coisas da sua vida

5. Limpe sua caixa de e-mails

6. Selecione criteriosamente quem é seu amigo

7. Tome uma decisão importante

8. Passe uma hora em silêncio

9. Saia de pelo menos uma rede social na internet

10. Faça uma coisa que realmente ame

(EcoD)

COMENTÁRIOS

  • http://www.viverjovemblog.blogspot.com viver jovem

    Adorei, ja tinha lido sobre um movimento semelhante, onde as pessoas trocavam grandes ordenados por uma vida mais simples, feliz e com menos responsabilidades.
    Ás vezes é importante parár e nao nos sentirmos tao obrigados, ha que ser feliz.
    obrigado por este artigo inspirou meu dia

  • http://YAHOO Lucélia Barbara

    Estou também neste caminho. Trabalho com foco na minimização. Ajo muito para conscientizar sobre a mãe GAIA e a redução do consumo. pedi a meu filho de 11 anos que lesse sobre esse rapaz que adirei conhecer. Com afeto Bárbara.

  • http://www.portalpositivo.com.br guilherme gregorio

    gostei de mais, se todo mundo fizer a sua parte conseguiremos melhorar o mundo e nossas vidas.